Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Apreendidas três carretas com cigarros

Apreendidas três carretas com cigarros
06/05/2010 06:49 -


Fábio Dorta, Dourados

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreenderam três carretas carregadas de cigarros contrabandeados do Paraguai. O fato se deu na madrugada de ontem, durante trabalho de fiscalização na BR-163, altura do km 267, em Dourados.
Os veículos, com placas de Cascavel (PR), Mandaguari (PR) e Eldorado (SP), eram escoltados por Sidnei Aldo Martinez, motorista de um GM/Vectra com placas de Dourados.
Conforme os levantamentos preliminares, a carga era composta por 2.200 caixas, o equivalente a 1,1 milhão de maços de cigarros. Ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Federal de Dourados.

Apreensão
Ainda de acordo com a PRF, o esquema de contrabando foi descoberto no momento em que o ex-presidiário Sidnei Martinez de 37 anos, que conduzia o GM Vectra, foi parado na barreira. Ele atuava como batedor e confessou que o comboio havia saído do Paraguai com destino a São Paulo.
Depois da prisão de Sidnei, os policiais barraram a primeira das três carretas. O veículo estava sendo conduzido por Marcos Rogério Brechó, de 37 anos, também ex-presidiário. Quando os policiais rodoviários faziam a prisão de Marcos Rogério, Sidnei, que estava detido dentro do prédio da PRF, conseguiu fugir.
A Polícia Rodoviária manteve a vigilância na pistas, mas, os motoristas das outras duas carretas, ao perceberem a movimentação no posto policial abandonaram os veículos na rodovia e conseguiram escapar. Apesar do cerco policial na região, até o final da tarde de ontem Sidnei e os outros dois motoristas continuavam foragidos.
A PRF e a Polícia Federal estão intensificando as ações principalmente na região sul do Estado com o objetivo de combater o contrabando de cigarros. Nos últimos meses foram feitas várias apreensões nas regiões de Dourados, Ponta Porã e na divisa com o Paraná.

Felpuda


Na troca de alfinetadas entre partidos que não se entenderam até agora sobre eventual aliança, uma outra peça está surgindo: trata-se do levantamento completo sobre investimentos feitos, recursos liberados, parcerias em todas as áreas, além do prazo de quando tudo isso começou. Caso os palanques venham a ficar distanciados, a divulgação será feita à exaustão durante a campanha eleitoral, para mostrar quem é quem na história. Os bombeiros continuam atuando.