Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Apreendidos oito quilos de cocaína em rodovias

Apreendidos oito quilos de cocaína em rodovias
27/03/2010 04:41 -


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam oito quilos de cocaína na BR-262 e na MS- 295. Somente uma pessoa foi presa, acusada de tráfico. Na primeira ocorrência, a PRF recolheu 4,9 quilos do entorpecente em um ônibus. O fato se deu no início da noite de quinta-feira, na BR-262, altura do quilômetro 600, no município de Miranda, quando os policiais barraram para fiscalização o ônibus de placas CQH-7781/SP, que fazia o itinerário Porto Soares/Bolívia a São Paulo. Os pacotes contendo a droga foram encontrados em uma sacola, no bagageiro do veículo. A PRF, apesar das investigações feitas entre os passageiros, não conseguiu identificar o proprietário da cocaína. Outro caso Enquanto isso, policiais do Departamento de Operações de Fronteira apreenderam 3,1 quilos de cocaína durante bloqueio na rodovia MS-295, em Eldorado. A droga estava num ônibus com itinerário Dourados/Cascavel (PR). Durante vistorias foram localizados na bagagem de C.R.F.S., 19 anos, pintor, residente no Bairro Nova Descoberta, em São José (SC), três tabletes contendo o entorpecente. Já no bagageiro externo, camuflados entre resmas de papel, foram achados 28 tabletes de maconha, que pesaram 17 quilos. Questionado sobre as drogas, C.R.F.S. informou tê-las adquirido em Ponta Porã e as levaria para Florianópolis. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Federal de Mundo Novo (delegacia itinerante). (TG)

Felpuda


Partido político está vivendo processo de autofagia cá por essas bandas. Nada de ideologia ou defesa dos interesses dos filiados. O problema, segundo os mais observadores, é que lideranças não se contentaram em ter cada uma o seu pedaço e decidiram tomar conta com exclusividade do espólio, que, aliás, é regado com cifras milionárias. A legenda deverá se transformarem uma máquina de lavar, no caso, cheia de roupas sujas. E dê-lhe!