Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

EUA

Aprovação de Obama vai a menor nível, diz pesquisa

Aprovação de Obama vai a menor nível, diz pesquisa
13/03/2014 06:00 - FOLHAPRESS


A taxa de aprovação do presidente americano Barack Obama caiu para 41% em março, ante 43% em janeiro, marcando uma nova baixa segundo pesquisa realizada pelo "Wall Street Journal" em parceria com a emissora NBC.

A popularidade de Obama caiu abaixo dos 42% verificados em novembro, sua maior baixa até então, como resultado das dificuldades na implementação da reforma de saúde devido ao mau funcionamento do site para cadastro.

Já a rejeição ao governo do democrata aumentou de 52% para 54%.

A pesquisa foi feita entre 5 e 9 de março por telefone com mil adultos e tem uma margem de erro de 3,1 pontos percentuais. A taxa de aprovação é a mesma verificada pela pesquisa de 26 de fevereiro do "New York Times" e da emissora CBS.
Legislativas

Apesar de a determinação de Obama em se concentrar em medidas populistas como o aumento do salário mínimo, os números são um sinal de alerta para o seu partido que tem pela frente as eleições legislativas de novembro.

A popularidade do ocupante da Casa Branca tem tradicionalmente um papel importante no futuro de seu partido no legislativo, que, neste caso, pretende manter o controle do Senado e recuperar a Câmara dos Representantes da mão dos republicanos.

O vice-presidente, Joe Biden, disse no mês passado que, sem bons resultados nas legislativas, seu governo não terá muito valor, pois não terão o controle da pauta.

A pesquisa também aponta que a rejeição ao Congresso também está alta. Apenas 34% dos entrevistas disseram que seu representante merece um novo mandado, enquanto 55% disseram que dariam seu voto a outro candidato.

Segundo o "Wall Street Journal", 54% disseram que,se tivessem a opção, votariam para substituir todos os membros do Congresso, incluindo o próprio representante. 

Felpuda


Pré-candidatos que em outras eras cumpriram mandato e hoje sonham em voltar a ter uma cadeira para chamar de sua estão se esmerando em apresentar suas folhas de trabalho. O esforço é grande para mostrar os serviços prestados, mas estão se esquecendo que a cidade cresceu, os problemas aumentaram e aquilo que já foi tido como grande benefício hoje não passa da mais simples obrigação diante do progresso e das novas exigências legais. Assim sendo....