Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Assaltantes tomam veículo de taxista

Assaltantes tomam veículo de taxista
25/08/2010 05:47 -


Sílvio Andrade, Corumbá

Chamado para fazer uma corrida até um motel da cidade, o taxista Ademar Maidana, 63, teve seu carro, um Fiat Palio branco (placa HRO 2796), roubado por quatro homens, na madrugada de ontem. A vítima presenciou a negociação da venda do táxi, por R$ 4,5 mil, a um receptador de Puerto Quijarro, cidade boliviana distante cinco quilômetros de Corumbá.
Maidana contou à polícia que estava no ponto de táxi, no centro da cidade, quando foi abordado por dois homens solicitando para serem levados a um motel próximo a uma boate. Na Rua Porto Carrero percebeu que se tratava de um assalto quando mais duas pessoas entraram no carro. Tentou reagir, mas foi ameaçado com uma arma apontada para sua cabeça.

Matagal
O taxista foi rendido e teve as mãos e os pés amarrados e os olhos vendados, enquanto um dos bandidos dirigia o veículo. No caminho, o bando passou a fazer contatos pelo celular procurando comprador para o táxi. Maidana foi abandonado em um matagal e, ao conseguir se libertar, no amanhecer de ontem, estava do outro lado da fronteira.

Felpuda


Sem conseguir controlar a verborragia, figurinha estreante no mundo político-partidário, e que se acha “o último biscoito do pacote”, acabou batendo de frente com titãs da política. Primeiro perdeu os anéis e, agora, os dedos correm sérios riscos. Anda “ameaçando” deixar o lugar onde se encontra, só que por lá vem ouvindo frases como “se é por falta de adeus...”, “os incomodados que se mudem” e “não fará nenhuma falta”.

Como se vê...