Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTES

Benjamin segue na disputa em Brasília

Benjamin segue na disputa em Brasília
24/04/2010 07:08 -


Eduardo Miranda

O sul-mato-grossense Benjamin e seu parceiro, o brasiliense Pedro Schimidt, venceram ontem seus compatriotas Thiago e Pedro Cunha, nas quartas de final do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, e estão garantidos na semifinal da competição, que será disputada hoje em Brasília (DF), a partir das 10h45min (MS).
Benjamin e Bruno fizeram um jogo equilibrado nas quartas de final. A parceria composta pelo sul-mato-grossense só conseguiu a vitória por 2 sets a 1 no tie-break. As parciais foram 21-17, 19-21 e 17-15.
Pela manhã, nas oitavas de final, Benjamin e Bruno passaram pelos alemães Brink e Reckermann por 2 a 1 (21-15, 19-21 e 15-9). Agora o sul-mato-grossense e o brasiliense esperam pela definição da dupla adversária, que sairá do confronto entre Pedro Solberg/Ricardo e uma dupla norte-americana ainda não definida.
Na outra semifinal, Alison e Emanuel já estão classificados. Seus adversários saem do confronto entre Alison e Pedro Cunha e a dupla vencedora do duelo Laciga/Bellaguarda, da Suiça x Fijalek/Prudel, da Polônia.

Feminino
No feminino, as brasileiras Juliana e Larissa fizeram 2 sets a 0 (21-14 e 23-21) nas norte-americanas Kessy e Ross e decidem a etapa brasileira do Mundial contra as alemãs Goller e Ludwig, que derrotaram as também brasileiras Maria Clara e Carol  por 2 a 0 (22-20 e 28-26).
A final feminina do Circuito Mundial de Vôlei de Praia acontece hoje, às 9h30min (MS).

Felpuda


Os bastidores fervem com a ciumeira que vem acontecendo em alguns municípios, onde determinados candidatos estariam sendo mais prestigiados que outros depois das alianças que foram formalizadas nas convenções. As queixas só aumentam, e as lideranças partidárias já não sabem o que fazer, temendo a possibilidade de que a vitória vá para o ralo. A bronca maior está entre integrantes das chapas puras de vereadores que se coligaram na majoritária. E salve-se quem puder!