Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTES

Botafogo e Atlético Mineiro duelam para sair do sufoco

Botafogo e Atlético Mineiro duelam para sair do sufoco
07/08/2010 08:07 -


Rio de Janeiro

Na principal atração deste sábado pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, Botafogo e Atlético-MG jogam às 17h30min (MS), no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), em busca de uma vitória fundamental para as duas equipes, que fazem campanhas muito abaixo da expectativa gerada pela qualidade de seus elencos. O Fogão é o décimo colocado, com 15 pontos, e até o fim de semana estava na zona de rebaixamento, de onde saiu com o triunfo de 3 a 1 sobre o Vitória. Na zona de risco, por sinal, está o Galo, que tem dez pontos, na penúltima posição, e tenta recuperar-se da derrota de 1 a 0 para o Cruzeiro.
O treinador do Botafogo, Joel Santana, por sinal, aposta no mistério para sair vitorioso no duelo com Vanderlei Luxemburgo. Tanto que comandou treinos secretos e guarda a escalação a sete chaves. O volante Fahel, que vinha atuando como zagueiro, e o meia Lucio Flavio serão barrados para as entradas de Marcelo Mattos e Somália, este voltando de suspensão. O zagueiro Antônio Carlos, que fraturou o nariz contra o Vitória, cede o lugar a Danny Morais.
Para este jogo o Atlético tem problemas. Ozagueiro Jairo Campos, com lesão na coxa direita, e o atacante Daniel Carvalho, com dores no joelho esquerdo, foram vetados pelo departamento médico. Com isso, Réver pode estrear na zaga, caso tenha a documentação regularizada. Do contrário, Werley formará dupla com Cáceres. No ataque, Neto Berola vai atuar ao lado de Diego Tardelli.
O outro jogo programado para hoje, será entre Guarani e Avaí, no Estádio Serra Dourada, em Campinas.

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...