Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Cirurgião opera de graça 6 vítimas de ataques com ácido no Paquistão

Cirurgião opera de graça 6 vítimas de ataques com ácido no Paquistão
29/01/2014 14:00 - TERRA


Um cirurgião que mora no Reino Unido gastou 50 mil libras (aproximadamente R$ 200 mil) do próprio bolso para operar seis mulheres paquistanesas que tiveram o rosto desfigurado após serem atacadas com ácido. Asim Shahmalak viajou a Karachi na semana passada, junto com uma equipe médica, e lá realizou as cirurgias em que reimplantou cabelos, sombrancelas e cílios nas vítimas. 

Entre as mulheres operadas pelo médico está Kanwal Ashar, 24 anos, atacada com ácido por um homem que a perseguiu depois que ela resistiu a suas investidas. Outra vítima atendida por Shahmalak foi Kanwal Qayum, 26 anos, atacada com ácido enquanto dormia por um amigo, enciumado porque ela começaria a trabalhar como aeromoça em um novo emprego.

O médico, um dos poucos no mundo que realiza esse tipo de cirurgia, decidiu ajudar as mulheres depois de uma visita a Karachi, sua cidade natal, há cerca de um ano. Na época, ele falou sobre o que o motivou: "Encontrar essas mulheres, foi de partir o coração. Suas vidas foram destruídas". Embora tenha levado sua equipe para realizar os atendimentos, o objetivo do médico é treinar profissinais locais para que possam dar continuidade ao tratamento.

Felpuda


Pelo andar da carruagem, aqueles que se acham “proprietários” de certo partido não estão conseguindo encontrar alguém que possa encarar o desafio de ser cabeça de chapa e enfrentar adversários na disputa para prefeito. Até mesmo solução interna está difícil, porque   “lo mismo” mostra-se relutante em colocar a chuteira e participar do jogo. Tudo indica que a paciência do eleitor já se esgotou com a legenda, pelo que já foi demonstrado pelas urnas. E sai de baixo!