Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Citroën antecipa substituto do C4 Pallas

Citroën antecipa substituto do C4 Pallas
20/06/2012 13:15 - ig


A Citroën deu um salto duplo ao anunciar nessa terça-feira (19) ao anunciar dois novos carros. O sedã C4 L, a versão três volumes do C4 europeu (uma geração a frente do C4 à venda no Brasil), puxa o bonde de novidades da marca francesa, que tem ainda o C-Elysse, um sedã compacto de baixo custo baseado no Peugeot 301 – Peugeot e Citroën formam o Grupo PSA.

C4 L e C-Elysse, segundo a montadora, serão lançados no final deste ano primeiro na China e, a partir do início de 2013, na Rússia - outros mercados ainda não foram mencionados pela empresa.

Substituto do Pallas?

O C4 L, embora a marca não confirme, é uma aposta para substituir o C4 Pallas fabricado em El Palomar, na Argentina e cuja atuação na categoria está cada vez mais discreta no mercado brasileiro. E o novo sedã tem recursos para se dar bem.

Segundo informa a fabricante, o C4 L terá como opções de motores nos mercados chinês e russos os blocos 1.8 VTi (turbodiesel) de 135 cv e o elogiado motor 1.6 THP em versões de 150 cv e 170 cv. Esse propulsor, criado em parceria com a BMW - o novo Série 1 tem o mesmo motor - é uma das vedetes da PSA no momento. Outro destaque é o câmbio automático de seis marchas com comando sequencial.

Fora a mecânica que promete agradar, o novo sedã médio francês também vem com uma boa lista de equipamentos, que inclui mimos como tela de LCD no painel com GPS e DVD, itens de segurança ativa e passiva, faróis de xenônio e ar-condicionado automático. O porta-malas ainda tem espaço para 440 litros.

C-Elysse, o Citroën emergente

Aproveitando seu estreito laço com a Peugeot, a Citroën tomou emprestado da marca do leão o sedã compacto 301, apresentado em maio, e criou o C-Elysse. E a versão com os chevrons na grade segue a mesma receita do modelo de sua “irmã”, com uma plataforma e carroceria em medidas adequadas para o segmento em mercados emergentes e recursos gerais idem, como a lista de equipamentos e a motorização.

Apesar de menor que o C4 L, o Elysse possui um porta-malas maior: leva 506 litros. Mas o espaço interior é menor, uma vez que a distância entre-eixos fica em 2,65 metros. A marca também promete equipar o carro com visor colorido no painel, com informações sobre áudio e GPS, e ar-condicionado com comando digital.

Felpuda


A lista do Tribunal  de Contas de MS,  com nomes de gestores que tiveram reprovados os balanços financeiros  de quando exerceram cargos públicos,  está deixando  muitos candidatos de cabeça quente.  Conforme previsto  pelo Diálogo, adversários estão se utilizando de tais dados para cobrar, principalmente nas redes sociais, deixando alguns gestores na maior saia justa e tendo que se explicar. O eleitor, por enquanto, só observa. E dê-lhe!