Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CÂMARA

Comissão da Amazônia pode ser desmembrada

Comissão da Amazônia pode ser desmembrada
27/02/2011 00:00 - AGÊNCIA CÂMARA


De autoria do deputado José Guimarães (PT-CE), o Projeto de Resolução 22/11 cria uma nova comissão permanente na Câmara: a da Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional. Entre as atribuições do colegiado previstas na proposta, que altera o Regimento Interno da Casa, estão a elaboração de planos regionais de desenvolvimento socioeconômico e de estudos sobre migrações internas e mobilidade urbana.

A nova comissão surgiria do desmembramento da atual Comissão da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional. Na opinião de Guimarães, hoje “as matérias relativas à Amazônia se revestem de tal importância que acabam se sobrepondo às demais”.

A divisão em duas comissões, argumenta o deputado, permitirá corrigir essa distorção ao direcionar um foco especial sobre a Amazônia e outro para a integração nacional. Dessa forma, destaca ele, será possível “observar as diferenças regionais com um olhar para o desenvolvimento econômico e a sustentabilidade, além de colaborar com a estruturação de uma Defesa Civil ágil e eficiente”.

Atualmente, a Câmara conta com 20 comissões permanentes. Esses colegiados são órgãos técnicos compostos por deputados com a finalidade de discutir e votar as propostas apresentadas à Casa. As comissões também atuam como mecanismos de controle de programas e projetos do Poder Executivo.

Felpuda


Nos bastidores, há quem garanta que a única salvação, de quem está com a corda no pescoço, é ele aceitar ser candidato a vice-prefeito em chapa de novato no partido. Vale dizer que isso nunca teria passado por sua cabeça, uma vez que foi eleito com, digamos, “caminhão de votos”. Se aceitar a imposição, pisaria na tábua de salvação; se recusar, poderá perder o mandato. Ah, o poder!