Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Corpo de indígena achado em córrego na região de Caarapó

Corpo de indígena achado em córrego na região de Caarapó
06/04/2010 21:04 -


Fábio Dorta, Dourados

 

O corpo da indígena guarani Ilza Arce, 71 anos, foi encontrado na manhã de ontem, preso a galhos de árvore e cipós no leito do Córrego Uiputã, na Aldeia Guiraroká, na localidade de Cristalina, distrito de Caarapó. Ilza Arce, que estava desaparecida desde a última quinta-feira, foi assassinada a tiros.

O corpo foi achado por moradores da aldeia, que acionaram a Polícia Civil de Caarapó. Uma equipe da perícia técnica de Dourados foi chamada ao local para atender a ocorrência e efetuou os levantamentos. Ilza Arce foi morta com três tiros de revólver, que a atingiram na cabeça, na orelha esquerda e no joelho direito.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil do município, que irá convocar familiares da vítima para prestarem depoimentos que poderão auxiliar as autoridades policiais a desvendar o crime. Lideranças da aldeia onde ela morava também poderão ser chamadas para prestar esclarecimentos.

 

Dourados

Já em Dourados, também na manhã de ontem, Carlos Alberto Rodrigues, 35 anos, foi encontrado morto dentro de uma oficina mecânica localizada na Rua Brilhante no Jardim Água Boa, bairro da periferia da cidade. De acordo com a perícia técnica, ele estava caído sobre a fiação elétrica e tinha queimaduras nas costas.

Rodrigues morava de favor nos fundos da oficina e não está descartada a possibilidade de que tenha morrido em virtude de uma descarga de energia. O caso está sendo investigado no 1º Distrito Policial, onde a ocorrência foi registrada.

Felpuda


Na troca de alfinetadas entre partidos que não se entenderam até agora sobre eventual aliança, uma outra peça está surgindo: trata-se do levantamento completo sobre investimentos feitos, recursos liberados, parcerias em todas as áreas, além do prazo de quando tudo isso começou. Caso os palanques venham a ficar distanciados, a divulgação será feita à exaustão durante a campanha eleitoral, para mostrar quem é quem na história. Os bombeiros continuam atuando.