Correio B

Férias

Crianças a bordo

Crianças a bordo

Thiago Andrade

16/12/2010 - 00h00
Continue lendo...

Dezembro. Férias de verão. Com o tempo livre sobrando, uma das opções que os pais têm para oferecer diversão aos filhos é deixá-los viajar. Seja para outras cidades, estados, ou até mesmo países, as crianças e adolescentes têm oportunidade de conhecer outros lugares, conviver com pessoas diferentes, fazer novos amigos, se aproximar de outras culturas ou, mais comumente, ir ao encontro de parentes próximos. Entretanto, até completar 12 anos, toda criança precisa de autorização para viajar sozinha e é necessário tomar alguns cuidados para evitar os problemas e perigos que a situação propicia.

Mãe de um adolescente de 11 anos, a empresária Márcia Dreom Capellari já está acostumada com a burocracia necessária para mandar o filho para a casa dos avós. “Ele viaja sozinho desde os 6 anos. Temos toda preocupação em evitar riscos que possam surgir. Mas, felizmente, as companhias aéreas oferecem o que é necessário para que meu filho não enfrente nenhum problema que não possa ser resolvido”, defende Márcia. A mãe, no entanto, foi surpreendida pela taxa cobrada pela companhia aérea para disponibilizar um funcionário para atender ao adolescente.

Antes de comprar as passagens é importante checar as condições da empresa aérea. O serviço de acompanhamento de menores é obrigatório para crianças entre 5 e 12 anos. Menores não são transportados sem o acompanhamento de um responsável pela maior parte das companhias. Portanto, se você pretende deixar que seu filho viaje desacompanhado, entre em contato com a empresa de sua preferência para conhecer as condições.
Malcon Douglas Capellari Filho estava animado na manhã de ontem. Com mochila nas costas e munido de documentos de identificação pessoal, o adolescente de 11 anos já é veterano nas viagens sem os responsáveis. “Viajo sozinho desde os 6 anos. Estou acostumado. Sempre evito contato com estranhos, como minha mãe pede. Tento corresponder à confiança que ela deposita em mim”, conta o menino.

Ele viajou para Cuiabá, Mato Grosso, onde se encontrará com os avós todos os anos. “Eu gosto de viajar sozinho, é uma sensação de liberdade. Quando estou na casa dos meus avós tenho que me adequar à rotina deles e às regras que eles criam pra mim. Também tenho amigos por lá. Sempre é divertido”, aponta Malcon, mostrando-se bastante animado a caminho da sala de embarque do Aeroporto Internacional de Campo Grande.

Para a mãe, o encontro do filho com os avós é um modo de proporcionar a ele contato com outros integrantes da família, além de permitir que se divirta longe de casa, mas com segurança. “Ele vai ganhando independência aos poucos e percebendo que é necessário ser responsável. A partir do ano que vem vai ser mais fácil para ele viajar. Vamos ver como vai ser”, detalha Márcia.

Regras de bom comportamento
A psicopedagoga Maria Irene Maluf aponta que sair de casa para passar férias longe dos pais pode ser uma experiência engrandecedora para as crianças, contudo, é necessário observar algumas regras de conduta para evitar problemas na casa que recebe a criança ou o adolescente. Confira abaixo algumas de suas indicações:

– Procurar não falar alto demais, assim como respeitar o sono dos outros não fazendo barulho à noite;
– Jamais interromper a conversa de adultos;
– Procurar conhecer e seguir as normas da casa onde estiver hospedado, ainda que estas sejam mais rígidas do que as de seus pais;
– Lembrar-se de ser cordial e respeitoso com todos os integrantes da casa, com os outros  hóspedes, funcionários, animais de estimação, etc;
– Discussões: devem ser evitadas a todo custo na casa dos outros. As conversas devem ser cordiais e é obrigatório seguir aquelas regrinhas básicas como pedir licença para levantar, respeitar os horários, etc;
– Na mesa: não falar com a boca cheia de comida, usar devidamente o guardanapo, lembrar de que talheres não são armas, mas instrumentos usados por pessoas civilizadas ao comer, as quais se sentam corretamente nas cadeiras, colocam o guardanapo sobre as pernas, mantém os braços junto ao corpo ao usar os talheres e conservam os cotovelos fora da mesa;
– Mostrar respeito pelo gosto e escolhas dos seus anfitriões, aceitando com carinho a presença de pessoas idosas e crianças pequenas: críticas jamais!;
– Ao se despedir deixar uma boa lembrança, agradecendo sinceramente a hospitalidade e já se preparando para um novo convite!

Autorizações e documentos são imprescindíveis
Para que qualquer menor de idade entre 5 e 12 anos viaje desacompanhado é preciso ter em mente alguns cuidados. Conseguir as autorizações e documentos necessários é rápido e simples, mas é preciso prestar atenção aos detalhes. Um dos pais ou o responsável deve ir até a Vara da Infância, Juventude e do Idoso para obter a autorização judicial. Quando a criança ou o adolescente viajam acompanhados de ambos os pais não é necessária autorização alguma; já quando apenas um dos pais o acompanhará é preciso escrever autorização com firma reconhecida por autenticidade em cartório.

“A primeira indicação é que os pais lembrem aos filhos a importância de estar com o documento de identificação. A autorização será exigida sempre que não houver um responsável e sem documentos de identificação nenhuma criança sai de Mato Grosso do Sul”, alerta Greice Maia de Deus, chefe de cartório da Vara da Infância, Juventude e do Idoso, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS). Segundo ela, no Estado, crianças não são autorizadas a viajar de ônibus em razão da falta de profissionais para cuidar do menor.

Em caso de viagem internacional, existem algumas diferenças no processo. A autorização judicial é substituída por documento escrito pelo pai e pela mãe. Contudo, em caso de falta de um dos genitores, é preciso abrir processo para suprimento de consentimento, ou seja, para que a criança viaje sem que um dos pais autorize. “O processo todo leva em média dois meses, pois é preciso que o nome do genitor seja publicado em edital por um mês. No final, há audiência com a juíza da vara, que pode convocar testemunhas para constatar a situação dos pais. A partir disso ela dá o veredito”, detalha Greice.
No site do TJ/MS (www.tjms.jus.br), pode-se obter mais informações.
 

MÚSICA EM PROL DA NATUREZA

Promovido pelo SOS Pantanal, show de Seu Jorge e Daniel Jobim será realizado no dia 4 de junho

Show da dupla será realizado no dia 4 de junho, em São Paulo, com abertura do DJ e ativista Eric Terena e participação da atriz Cristiana Oliveira

22/05/2024 10h00

Seu Jorge e Daniel Jobim: paixão em comum pelo

Seu Jorge e Daniel Jobim: paixão em comum pelo "maestro soberano" Tom Jobim (1927-1994) e clássicos da bossa nova para ajudar na preservação do Pantanal Foto: Divulgação

Continue Lendo...

O Pantanal vem ganhando notoriedade na mídia muito mais por incêndios florestais, desmatamentos, poluição química e outras ameaças do que por sua beleza e importância enquanto paraíso natural e abrigo de inúmeras espécies que habitam o bioma – algumas sob risco de extinção.

Com voz ativa, há 15 anos, na trincheira da sociedade civil para a proteção e o desenvolvimento do ecossistema, o Instituto SOS Pantanal vira suas baterias e se prepara para o enfrentamento do que os especialistas estão prevendo como a maior seca de todos os tempos, ainda este ano.

Uma das ações de destaque que o instituto está promovendo é um show beneficente com Seu Jorge e Daniel Jobim.

Concebida como um “tributo especial” ao cantor, compositor e multi-instrumentista Tom Jobim (1927-1994), pai de Daniel, a apresentação será realizada no dia 4 de junho, precedendo o Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), às 20h, na Casa Natura.

A abertura está por conta do DJ Eric Terena. O ativista vai se apresentar com um grupo de dança de sua comunidade, que habita a região do Pantanal.

A ação foi planejada após o êxito de outro evento do SOS Pantanal, promovido em 2022: um jantar beneficente com show de Gabriel Sater e apresentação do violeiro Guilherme Rondon em companhia da sanfoneira Adriana Sanchez.

Antes do banquete e da música, foi realizado um leilão em prol das Brigadas Pantaneiras, projeto que equipa e treina brigadistas para combater os incêndios na região.

RAÍZES E CAMAROTES

O evento deste ano dá continuidade ao programa Raízes do Pantanal, visando uma arrecadação de R$ 300 mil. A ideia é que a verba seja empregada em ações de restauração socioambiental em terras indígenas na maior planície alagável do planeta.

Serão comercializados cinco tipos de camarotes, todos contemplados no sistema open bar e coquetel completo – desde entradinhas até a sobremesa –, entre muitas surpresas e presenças.

Um dos destaques no show do dia 4 de junho é o camarote Raízes, que reserva seis lugares em uma cúpula de vidro praticamente dentro do palco.

A ocupação desse espaço garante o plantio e cuidados por pelo menos cinco anos de 650 mudas de árvores originais do bioma. Ainda serão disponibilizados os camarotes Nascente, Árvore, Muda e Semente, sempre atrelados a um número de mudas que serão semeadas e monitoradas.

Os lugares de pista em frente ao palco, que incluem coquetel completo e sistema open bar durante todo o evento, somam-se aos camarotes para formar a capacidade total do espaço, de 550 pessoas.

Também serão disponibilizados camarotes especiais com excelente visibilidade no primeiro andar da casa. Os ingressos têm descontos progressivos para pacotes a partir de duas pessoas.

CANÇÕES E EMBAIXADORA

O show de Seu Jorge e Daniel Jobim presenteará o público com músicas como “Garota de Ipanema”, “Wave”, “Samba de Uma Nota Só”, “Chega de Saudade” e “Pela Luz dos Olhos Teus”, entre outros clássicos, revelando novas facetas dos artistas com suas releituras cheias de classe para sucessos históricos.

“Diante de tantos desastres em virtude das mudanças climáticas, terei prazer em fazer esse show para o SOS Pantanal e ajudar a enfrentar a maior seca de todos os tempos que está por vir ainda neste ano”, comenta Seu Jorge.

Vale destacar a participação da atriz Cristiana Oliveira, embaixadora do SOS Pantanal e mestre de cerimônias do evento, do artista Dada Yute, que lançará seu clipe oficialmente, e da apresentadora e atriz Rafa Kalimann, madrinha do instituto, que também garantiu presença na noite de música e militância ecológica.

META

O evento tem apoio das marcas Natura, Orfeu Cafés, NPND, Chocolates Priscyla França, Chef Dani Pimenta, Miroarte e Animacolor e conta com patrocínio da Fundação Toyota e da empresa Everest.

Durante o coquetel será possível adquirir uma camiseta exclusiva do evento feita pela NPND e autografada por Seu Jorge e Daniel Jobim, bem como uma edição especial de cafés da Orfeu e chocolates premiados da Priscyla França.

Com os recursos arrecadados no evento, o objetivo é ampliar o programa Raízes do Pantanal, que desde 2020 está presente na Terra Indígena Cachoeirinha, onde até o momento já foram plantadas 8.000 mudas nativas, em ação envolvendo 4 aldeias e 150 pessoas das comunidades indígenas e englobando uma área de 80 hectares com três nascentes de rios.

Os recursos serão investidos no plantio de mais mudas, criação de sistemas agroflorestais com produção de alimentos para a comunidade e restauração de mais nascentes, além de expansão das atividades para outras terras indígenas da região.

Além disso, diversas atividades são promovidas nesta área, incluindo momentos de troca entre o conhecimento técnico de combate a incêndios e administração de plantios, entre outros, e o conhecimento tradicional dos povos originários.

Mais informações no site do instituto (www.sospantanal.org.br), no Instagram (@sospantanal) e no Facebook (www.facebook.com/institutosos.pantanal/).

SERVIÇO 

Show “Raízes do Pantanal”

Seu Jorge e Daniel Jobim cantam Tom Jobim, no dia 4 de junho, a partir das 20h, na Casa Natura Musical, Rua Arthur de Azevedo, nº 2.134, Pinheiros, São Paulo.

Ingressos a partir de R$ 790 por pessoa, com descontos progressivos a partir de duas pessoas.
Camarotes: (11) 98632-0026 – Fernanda Dearo.
https://raizesdopantanal.sospantanal.org.br/.

SESSÃO DA TARDE

Confira o filme que vai passar na Sessão da Tarde de hoje (22/05)

Filme de hoje é o drama e romance "O Sol Também É Uma Estrela"; assista na Rede Globo, às 14h25

22/05/2024 03h00

"O Sol Também É Uma Estrela", de 2019, é o filme da sessão da tarde desta quarta-feira (22) Foto: Divulgação

Continue Lendo...

O SOL TAMBÉM É UMA ESTRELA
  • Ano de lançamento: 2019
  • Gênero: drama e romance
  • Duração: 1h40min
  • Direção: Ry Russo-Young
  • Elenco: Yara Shahidi, Charles Melton, John Leguizamo
  • Título original (em inglês): The Sun Is Also A Star

SINOPSE

Natasha (Yara Shahidi) é uma jovem extremamente pragmática, que apenas acredita em fatos explicados pela ciência e descarta por completo o destino. 

Em menos de 24 horas, a família de Natasha será deportada para a Jamaica, mas antes que isso aconteça ela por acaso encontra Daniel (Charles Melton), que a salva de ser atropelada. 

Decidido a convencê-la que o encontro de ambos foi obra do destino, Daniel a desafia a passar um dia com ele, no qual tem a missão de fazê-la se apaixonar.

 

SESSÃO DA TARDE PASSA QUE HORAS IRÁ PASSAR HOJE?

Um filme de romance, vai passar na Sessão da Tarde hoje, quarta, 22 de maio de 2024 (22/05/2024), às 15h35min (horário de Brasília), na TV Globo.

SESSÃO DA TARDE DA SEMANA

  • Segunda-feira - Noivas em Guerra
  • Terça-feira - O Grande Dave
  • Quarta-feira- O Sol também é uma estrela
  • Quinta-feira- Mamãe saiu de férias
  • Sexta-feira- Gigantes de aço

ASSINE O CORREIO DO ESTADO
 

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).