Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DECISÃO

Decretada prisão preventiva de Nenê Constantino

Decretada prisão preventiva de Nenê Constantino
02/03/2011 03:24 - AGÊNCIA BRASIL


O juiz João Marcos Guimarães Silva, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), decretou ontem (1º) à noite a prisão preventiva do empresário Nenê Constantino, um dos fundadores da empresa aérea Gol. A prisão deve ser cumprida no domicílio do acusado, em Brasília.

O Ministério Público pediu a prisão preventiva pela manhã por entender que o empresário está atrapalhando o andamento dos processos que correm contra ele na Justiça. Constantino é acusado de ser o mandante do atentado contra seu ex-genro, Eduardo de Queiroz, em 2008, e da morte do líder comunitário Márcio Leonardo, em 2001.

O pedido de prisão preventiva foi motivado após atentado contra João Marques, acusado de ser um dos pistoleiros de Constantino. Ele é uma das testemunhas de acusação do empresário no caso do ex-genro Eduardo de Queiroz.

A prisão preventiva foi pedida pelo Ministério Público durante a tomada de depoimentos de testemunhas do assassinato de Márcio Leonardo, no Tribunal do Júri de Taguatinga, cidade a 30 quilômetros de Brasília.

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!