Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MATO GROSSO DO SUL

Divulgadas atrações do 11º Festival América do Sul

Divulgadas atrações do 11º Festival América do Sul
18/03/2014 13:30 - DA REDAÇÃO


A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul divulgou hoje (18) as atrações musicais que estarão presentes no 11º Festival América do Sul, que acontece de 30 de abril a 4 de maio.

Foram recebidas 30 inscrições de intérpretes e bandas e selecionadas cinco atrações por ordem classificatória, respeitando rigorosamente os critérios descritos no edital: Giane Torres, Karina Marques, Haiwanna, Forró Zen e Tonico da Viola. Como suplentes ficaram Naip, Carlos Alfeu, Henrique Neto, Sofia Basso e Solosolar.

A seleção foi feita por uma comissão constituída pela Fundação de Cultura formada por Rodrigo Faleiros de Oliveira, músico e produtor musical; Clayton Sales, jornalista; Adriane Eliza de Souza Cação, gestora de Artes e Cultura (FCMS) e Cristiane Almeida de Araújo Freire, gestora de Artes e Cultura e coordenadora do Núcleo de Música (FCMS).

O Festival América do Sul já levou até Corumbá atrações de renome na música, teatro, dança e artes plásticas de Mato Grosso do Sul, de todo o Brasil e dos países irmãos sul-americanos. Cerca de 550 mil pessoas já prestigiaram o evento, que é uma das marcas da cultura do Estado.

Sua característica principal é reunir em Corumbá, um ponto central do continente e principal cidade do santuário pantaneiro, as artes e jeitos da América do Sul. “O festival gera uma reflexão importante sobre as culturas e os pontos de convergência existentes entre os países. Mato Grosso do Sul é privilegiado por ser um ponto de encontro entre as artes sul-americanas”, analisa Américo Calheiros, presidente da Fundação de Cultura.

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...