Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ECONOMIA

Dourados recebe novo hotel até julho de 2011

Dourados recebe novo hotel até julho de 2011
28/08/2010 05:01 -


Cícero Faria, Dourados

A rede Hotel 10, de Santa Catarina, deu início às obras de seu primeiro endereço fora da região Sul do País. A nova unidade, em sistema de franquia, será em Dourados e tem previsão de entrega para julho de 2011. O investimento do empresário do Luiz Carlos Seibt  será de R$ 5 milhões.
Junto ao hotel serão construídos um posto de combustível e uma loja de conveniência, integrando um polo de serviços.  O local da construção será no prolongamento da  avenida  Marcelino Pires, próximo à BR-163, de fácil acesso e com grande número de pessoas transitando diariamente.
A rede Haotel 10 se caracteriza pela escolha de localizações próximas a rodovias, zonas industriais, portos, aeroportos e universidades. Em todos  os seus hotéis, os quartos dispõem de cofre digital, janelas anti-ruído e internet banda larga.
Um dos diferenciais é a possibilidade de abrigar até quatro pessoas, em quartos com duas camas de casal, o que permite a hospedagem de famílias com tarifas econômicas, segundo o diretor da rede Paulo Linzmeyer.
Implantada há seis anos, a bandeira existe em outros cinco municípios - Itajaí e Joinville (SC), Curitiba, União da Vitória (PR) e São Leopoldo (RS). Foi  reconhecida como referência de hotel bom e barato pelo Guia Quatro Rodas.
Em abril deste ano, foi inaugurado em Dourados um hotel da rede mundial Íbis, ao lado do Shopping Avenida Center. Possui nove pavimentos e 98 apartamentos.

Felpuda


Os bastidores fervem com a ciumeira que vem acontecendo em alguns municípios, onde determinados candidatos estariam sendo mais prestigiados que outros depois das alianças que foram formalizadas nas convenções. As queixas só aumentam, e as lideranças partidárias já não sabem o que fazer, temendo a possibilidade de que a vitória vá para o ralo. A bronca maior está entre integrantes das chapas puras de vereadores que se coligaram na majoritária. E salve-se quem puder!