Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Encontro incentiva formação de mediadores de leitura

Encontro incentiva formação de mediadores de leitura
01/08/2010 21:29 -


Entre os dias 3 e 5 de agosto a biblioteca pública Dr. Isaías Paim recebe um novo ciclo de palestras e atividades do 2º Projeto de Formação Continuada de Mediadores da Leitura do Centro Oeste, promovido pelo Proler (Programa de Incentivo à Leitura).
O evento abrange diversas ações promotoras da leitura, como oficinas, palestras, encontros e laboratórios e é realizado pelo Comitê do Proler, formado pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, conveniada com a Fundação Biblioteca Nacional.
Estarão presentes ao encontro 40 mediadores de 8 municípios (Brasília, Cáceres, Chapadão do Céu, Goiânia, Dourados, Paranaíba, Caarapó e Campo Grande), representando os 3 estados do Centro-Oeste e o Distrito Federal.
O curso “Leitura, memória e cidadania”, ministrado pelo prof. Dr. Ezequiel Theodoro da Silva, tem duração de 40 horas e sua finalidade é proporcionar reflexões críticas sobre práticas pedagógicas e sua permanente recriação, por meio de trocas de experiências e conhecimentos.
A formação busca se colocar como uma “experiência concreta” de leitura, de modo que a partir das experiências decorrentes da vivência com os gêneros literários é que se devem desenvolver os projetos e planos a serem colocados em ação nos espaços culturais dinamizados pelos comitês.
De acordo com a coordenadora do Comitê Proler de Campo Grande, Neusa Arashiro, a formação continuada traduz uma ação permanente para ampliar a reflexão do compromisso das políticas públicas ligadas à leitura. “Investir na formação dos mediadores de leitura é instrumentalizá-los para se ter ações que atendam de forma satisfatória às demandas da pluralidade da área”, explica.
A Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaias Paim é uma unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e fica na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, no Centro. Outras informações pelo telefone (67) 3316-9176.

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.