Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PROJETO

Escola Maria Constança ganhará grafite e colorido

Escola Maria Constança ganhará grafite e colorido
17/02/2014 10:43 - Notícias MS


O muro externo da Escola Estadual Maria Constança de Barros Machado ganhará um novo colorido nos dias 22 e 23 de fevereiro (sábado e domingo). O projeto Grafite Legal contará com obras de artistas reconhecidos e alunos do próprio colégio, além de apresentação de Hip Hop, campeonato de skate e oficina de grafite.

Nos dias 20 e 21 de fevereiro a grafiteira e artista plástica Marilena Grolli, organizadora do projeto, ministrará oficinas de Arte Grafitti a alunos da escola Maria Constança, que executarão o trabalho no muro já no dia 22 com todo o grupo de grafiteiros que aderirem ao movimento street.

Já nos dias 22 e 23 de fevereiro o projeto Grafite Legal abrirá espaço de expressão nos muros aos artistas entre as 9h e 17h. O ponto de encontro será na Orla Morena, em frente à pista de skate, no calçadão da escola Maria Constança de Barros Machado.

Serão utilizados 46 espaços distribuídos por ordem de chegada. É necessário que cada artista leve um esboço para pré-seleção. Os banheiros e água estarão disponíveis na escola. A organização, porém, recomenda que os participantes também levem água ou tereré.

O primeiro dia do evento contará com apresentação do grupo de Hip Hop Prontuário ZN, a partir das 16h. Já no dia 23 é a vez do Campeonato de Skate, organizado por Felipe Barreto e outros desportistas. A inscrição pode ser feita no local com um quilo de alimento não perecível.

O projeto Grafite Legal visa transformar o muro externo da escola Maria Constança de Barros Machado em uma grande galeria a céu aberto. “É um carinho para este espaço de tão grande valor histórico e cultural da nossa cidade projetado pelo reconhecido arquiteto Oscar Niemeyer”, explica Marilena Grolli, gestora de Artes da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

Todos os eventos contam com o apoio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e parceiros.

Felpuda


Dia desses, há quem tenha se lembrado de opositor ferrenho – em público –, contra governante da época, mas que não deixava de frequentar a fazenda de “sua vítima” sempre que possível e longe dos olhos populares. Por lá, dizem, riam que só do fictício enfrentamento de ambos, que atraía atenção e votos. E quem se lembrou da antiga história garantiu que hoje ela vem se repetindo, tendo duas figurinhas carimbadas nos papéis principais. Ô louco!