Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPEONATO BRASILEIRO

Fluminense defende a liderança em duelo com o Palmeiras hoje

Fluminense defende a liderança em duelo com o Palmeiras hoje
01/09/2010 06:35 -


Rio de Janeiro

Líder do Campeonato Brasileiro com 37 pontos, três a mais que o segundo colocado Corinthians, o Fluminense entra em campo hoje, às 21h (MS), para enfrentar mais um paulista no Maracanã. Após empatar por 2 a 2 com o São Paulo no domingo, o Tricolor carioca terá pela frente o Palmeiras de Luiz Felipe Scolari em confronto válido pela 18ª rodada.
O duelo desta noite está sendo marcado por várias curiosidades. Primeiro porque vai registrar o reencontro de Felipão com o meia Deco, hoje no Fluminense. Os dois trabalharam juntos na seleção portuguesa. Além disso, o Verdão, que soma 23 pontos na nona posição e vem de triunfo de 2 a 1 sobre o Atlético-MG, pode ajudar o Corinthians em uma data especial para o Timão, que hoje comemora o seu centenário.
Um revés do Fluminense seria perfeito para a agremiação de Parque São Jorge recuperar a liderança do Campeonato Brasileiro (a diferença entre líder e vice-líder é de três pontos).
O técnico Luiz Felipe Scolari ainda tem uma dúvida para esta partida. Vítima de uma pancada na coxa direita no jogo contra o Atlético-MG, o meio-campista Valdívia depende de uma reavaliação dos médicos para ser escalado.
Já o Fluminense está definido para o confronto. O zagueiro Gum e o atacante Emerson, que cumpriram suspensão automática contra o São Paulo, reaparecem nas vagas de André Luis e Belletti, respectivamente.
Os demais jogos programados para hoje pelo Campeonato Brasileiro são: Grêmio Prudente x Botafogo, Vitória x Internacional, Grêmio x Guarani, Goiás x Atlético-MG, Cruzeiro x Flamengo e Atlético-PR x Ceará.

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!