Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTES

Fórmula Indy em São Paulo terá quatro mulheres na pista

Fórmula Indy em São Paulo terá quatro mulheres na pista
12/03/2010 08:24 -


A etapa de abertura da temporada 2010 da Fórmula Indy, que acontece neste fim de semana, em São Paulo, terá quatro mulheres entre os 24 pilotos que se alinharão no grid. Segundo o principal dirigente da categoria, Terry Angstadt, a forte presença feminina, tão incomum no automobilismo, é “muito importante”. Entre as representantes femininas que estarão na pista em São Paulo a partir de amanhã, quando acontecem os treinos, duas são estreantes na Fórmula Indy: a brasileira Bia Figueiredo e a suíça Simona de Silvestro. Enquanto isso, a norteamericana Danica Patrick e a venezuelana Milka Duno já faziam parte da categoria. “Diversidade é uma das características da Indy, não só entre as mulheres mas também em relação ao número de pilotos de outros países. Para nós, é muito importante ter esse lado feminino. E isso também é muito importante para os negócios”, afirmou Terry Angstadt. Ontem, Bia Figueiredo, primeira brasileira a correr na categoria, falou sobre a pista de rua, que para ela e os outros pilotos ainda é uma incógnita. “Tem algumas ondulações normais de pista de rua, e é difícil dizer o que a gente vai sentir no carro. Mas já andei muito por essa área, e agora acelerar aqui vai ser bem emocionante”, comentou a piloto paulistana que vai estrear em casa, embora ainda não tenha contrato fixo para o resto da temporada. Os treinos livres no circuito de rua começarão amanhã às 8h (MS). O treino de classificação será às 14h30min. A largada da corrida, no domingo, será às 12h (MS).

Felpuda


Os bastidores fervem com a ciumeira que vem acontecendo em alguns municípios, onde determinados candidatos estariam sendo mais prestigiados que outros depois das alianças que foram formalizadas nas convenções. As queixas só aumentam, e as lideranças partidárias já não sabem o que fazer, temendo a possibilidade de que a vitória vá para o ralo. A bronca maior está entre integrantes das chapas puras de vereadores que se coligaram na majoritária. E salve-se quem puder!