Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ECONOMIA

Frigorífico nega interesse na compra do grupo Frialto

Frigorífico nega interesse na compra do grupo Frialto
28/05/2010 06:25 -


Cícero Faria, Dourados

O diretor de Sustentabilidade do Grupo Marfrig, Ocimar Villela, negou o interesse na compra do Grupo Frialto, com sede em Sinop (MT),  que entrou na segunda-feira com pedido de recuperação judicial. A empresa possui uma unidade frigorífica de bovinos no município de Iguatemi.
Segundo explicou Villela à imprensa,  a diretoria do Marfrig esteve reunida para avaliar os rumores publicados nos meios de comunicação nos últimos dias, mas afirmou que não há nem negociações nem interesse na aquisição das oito unidades pertencentes ao Frialto.

“Posso garantir que não existe nenhuma intenção de adquirir, nem mesmo negociações entre os grupos”, frisou o diretor.
Mas o Marfrig poderia conhecer a proposta do Frialto, que pode vender ativos para tentar superar a sua crise financeira. O Frialto recorreu à Justiça para tentar superar seus problemas de capital de giro e falta de crédito bancário.

No seu frigorífico em Iguatemi, eram abatidas e processadas 600 cabeças de bovinos por dia e  desossadas 2.000 peças diárias. O Marfrig tem unidades frigoríficas em Bataguassu, Porto Murtinho e Paranaíba, abatendo bovinos, e a Seara (suínos) em Dourados.

Felpuda


Comentários maldosos nos meios políticos dão conta que duas figurinhas que se rebelaram contra os próprios colegas poderão ficar no sereno político e, de forma indireta, serem personagens das próprias manifestações.

Um deles defendeu a redução do número de vereadores, e o outro disse ter vergonha de exercer o cargo. Agora enfrentam altos e baixos na campanha eleitoral.