Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MS CANTA BRASIL

Fundação seleciona apresentador para projeto

Fundação seleciona apresentador para projeto
09/02/2014 00:00 - Notícias MS


A Fundação de Cultura do Governo de Mato Grosso do Sul seleciona apresentador para as edições do projeto “MS Canta Brasil – 2014”.

As inscrições podem ser feitas até amanhã (10) somente através dos Correios. O profissional selecionado será contratado para a realização de sete edições do MS Canta Brasil em 2014. O cachê tem valor bruto de R$ 400,00 por show.

Os interessados devem encaminhar ficha de inscrição (disponível no edital), currículo, duas fotos profissionais em jpg (resolução mínima de 300dpi) e um DVD com atuações como apresentador(a) ou performance simulada, além de cópias de documentos pessoais. Profissionais de Comunicação Social devem enviar também cópia de registro profissional (DRT).

O processo de seleção contará com uma comissão especial formada por seis membros da área cultural. A lista será divulgada no Diário Oficial. Todo o processo será realizado na Sala de Reunião do Gabinete da própria Fundação e é aberto ao público.

A comissão avaliará os concorrentes considerando os seguintes aspectos: apresentação, postura, desenvoltura; dicção e clareza na apresentação textual; comunicabilidade e dinamismo.

MS Canta Brasil
Realizado pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, o projeto prevê apresentação de shows com artistas de renome nacional e de destaque em Mato Grosso do Sul na Arena do Parque das Nações Indígenas. O objetivo é homenagear os Estados brasileiros por meio da música, promovendo a integração artística.

Serviço
O edital está disponível no Diário Oficial do Estado e na página da Fundação de Cultura na internet, no link editais.

Felpuda


A parceria que até então era cantada em prosa e verso, com direito à divulgação de fotos em momentos de muita alegria, dá sinais de que realmente está se esgotando. O tal parceiro quase não mais aparece nos meios de divulgação, e até criticas, digamos, “meio de leve” vêm sendo feitas. Dizem que está o “maior climão”.Mas pelo sim, pelo não, resta esperar para ver onde é que essa parceria chegará. Sei não...