Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

POLÍCIA

Godói nega ter resistido a assalto

Godói nega ter resistido a assalto
26/02/2011 14:33 - r7


O ex-árbitro e comentarista esportivo Oscar Roberto Godói disse neste sábado (26) que não tentou reagir ao bandido depois que o assalto foi anunciado. Ele disse que apenas "tentou dificultar a ação dos bandidos" depois do primeiro disparo.

Após passar por exames, Godói recebeu alta na manhã deste sábado (26). Godói foi baleado em uma tentativa de assalto no dia 16 de fevereiro em São Paulo e ficou internado no Hospital das Clínicas.

Godói afirmou a jornalistas na porta do hospital que ao ouvir um dos criminosos pedir a chave girou o corpo. A chave, de acordo com o ex-árbitro, estava no bolso de trás da calça.

Somente após receber o primeiro tiro, Godói tentou impedir que o assaltante fizesse mais disparos.

– Tentei segurar a arma, não consegui, segurei no braço. Talvez eu dificultaria [a ação do bandido] se conseguisse segurar a arma.

As informações iniciais divulgadas pela polícia davam conta de que Godói tinha reagido ao bandido logo no início. Godói atribui o boato a sua personalidade.

– Como as pessoas me conhecem pela minha maneira de ser, ouvi muitas ilações colocadas dessa maneira, mas não tive reação de agredir o assaltante.

O ex-árbitro disse ensinar a seus filhos a não reagir em assaltos.
 

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...