Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Governador diz que não vai procurar Dilma

Governador diz que não vai procurar Dilma
17/03/2010 07:13 -


O governador André Puccinelli (PMDB) está disposto a conversar com a ministra Dilma Rousseff (PT) na abertura da 72ª Expogrande (Exposição Agropecuária da Capital), porém não vai procurá-la para agendar encontro. “Não sei se ela vai querer conversar comigo, caso ela queira, eu sou um sujeito educado e converso”, afirmou, ontem durante evento na governadoria. Enquanto isso, petistas esperam que o senador Delcídio do Amaral (PT) consiga marcar uma reunião com a ministra e pré-candidata do PT à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O objetivo é falar com Dilma sobre a campanha presidencial em Mato Grosso do Sul. Segundo Puccinelli, o presidente Lula já teria pedido a ele apoio à ministra na batalha pela sucessão. Por outro lado, tanto Dilma quanto o candidato do PSDB, governador de São Paulo, José Serra, não teriam se manifestado com ele sobre apoio eleitoral. A candidata petista deverá fazer “visita relâmpago” a Campo Grande amanhã. Seu desembarque está previsto para as 16h, enquanto a abertura da Expogrande está marcada para as 18h. Conversas políticas, portanto, deverão ocorrer neste intervalo de duas horas. (LK)

Felpuda


Mesmo sem ter, até onde se sabe, combinado com o eleitor, candidato a prefeito começou a apresentar nomes do seu ainda hipotético secretariado, pois parece estar convicto de que conseguirá vencer a disputa.

Os adversários dizem por aí que ele está muito distante de “ser um Jair Bolsonaro”, que, ainda na campanha eleitoral para presidente da República, já falava em Paulo Guedes para ser seu ministro de Economia. Como sonhar é permitido