Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FÓRMULA 1

GP do Bahrein pode adiar etapa no Brasil

GP do Bahrein pode adiar etapa no Brasil
03/03/2011 13:26 - Gazeta Esportiva


O empresário Bernie Ecclestone não pretende mesmo desistir de colocar o Grande Prêmio do Bahrein no calendário da atual temporada da Fórmula 1, depois de ter cancelado a etapa que seria a de abertura do ano por conta de problemas políticos locais. Ele pretende até trocar o GP do Brasil de lugar, ou colocar o circuito do país asiático como último do Mundial de 2011.

Nesta semana, Bernie sugeriu que a etapa poderia ser remarcada para o verão do hemisfério norte, no meio da temporada. No entanto, repensou a data e poderá envolver a etapa brasileira na troca, ou postergando a ida ao Brasil, ou colocando o próprio Bahrein como último GP do ano.

"Nós iremos verificar o que podemos fazer, se podemos mudar essas datas. Talvez possamos trocar com o Brasil, algo assim", afirmou Ecclestone, em entrevista à BBC nesta quinta-feira. "Esqueçam agosto, é muito quente, muito quente para o público se sentar nas cadeiras a uma temperatura de 40 graus", explicou.

Bernie não quer perder a etapa do Bahrein por dar muito valor aos fãs do país, afirmando que deverá ter a decisão na próxima semana - e voltou a dizer que não teve nenhuma relação com o cancelamento da prova, totalmente creditada ao príncipe do país, da família Al Khalifa.

"O povo tem sido um grande apoiador da Fórmula 1, e está se tornando cada vez maior. Temos muito mais fãs aqui do que quando viemos pela primeira vez, e a corrida seria para agradecê-los pelo apoio", comentou.

"Eu não tenho nada a ver com o país. Quem o dirige era a pessoa certa para decidir se era ou não a melhor decisão a ser tomada, e é o que ele pensou, que era a melhor decisão - e tenho certeza que foi", contou.
 

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!