Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Inter oficializa proposta para ter Nilmar

Inter oficializa proposta para ter Nilmar
29/06/2012 06:00 - band


O Villarreal (ESP) e Nilmar já sabem o que o Inter está oferecendo para ter o atacante no restante da temporada de 2012 e nos próximos anos. Em reunião com o procurador do atleta, Orlando da Hora, o vice de futebol Luciano Davi apresentou as propostas coloradas de compra e de salários para o atleta.

 

O primeiro encontro entre o Inter e o agente aconteceu em São Paulo, nesta quarta-feira. A oferta colorada gira em torno dos 5 milhões de euros (cerca de R$ 13 milhões) para adquirir o jogador. Ao Villarreal, o Dínamo de Kiev já ofereceu 8 milhões de euros (aproximadamente R$ 20 milhões), mas jogar na Ucrânia não está nos planos do atacante.

 

“O Internacional havia feito uma proposta por telefone. Agora tornamos isso oficial e o encaminhamento será feito através do empresário. São os mesmos valores”, comentou Luciano Davi.

 

Tanto Davi quanto o presidente Giovanni Luigi mantém a cautela para falar da negociação. Não querem causar expectativa na torcida colorada que não se concretize. Mas a verdade é que se nenhuma proposta de grandes clubes europeus aparecer, a prioridade de Nilmar é jogar no Inter.

 

“É uma negociação muito difícil. Foi um dia cansativo de reuniões, mas vamos ver. Acho que no final tudo vai dar certo. Depois de 30 dias do primeiro contato com o Orlando, essa foi a primeira conversa pessoalmente, por isso a demora na reunião. O Internacional fez a sua proposta e aguarda agora uma posição tanto do atleta quanto do Villarreal”, explicou em entrevista à Rádio Bandeirantes.

 

Apesar de ser um grande nome para a mesma posição de Leandro Damião, o Inter ainda não admite que a contratação seja para vender o camisa 9. Até o momento, não há propostas para o centroavante deixar o clube gaúcho.

Felpuda


Prefeitura de município do interior de MS recebeu recomendação do Ministério Público do Estado no sentido de exonerar servidores comissionados, livres do cartão de ponto, que são parentes de secretários da administração e de vereadores. O nepotismo se tornou um excelente “negócio” por lá, e se até o dia 6 de agosto as devidas providências não forem tomadas, medidas serão adotadas, como ação por improbidade administrativa. Tem gente que não aprende mesmo, né?