Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTES

Jogo com Santos motiva atletas do Naviraiense

Jogo com Santos motiva atletas do Naviraiense
27/02/2010 05:19 -


O Naviraiense volta a jogar amanhã, às 16h, no Estádio Virotão, contra o Guaicurus pelo Campeonato Estadual, mas os atletas e a comissão técnica não escondem que a principal motivação, é a segunda partida contra o Santos, na Vila Belmiro. Com duas vitórias e 100% de aproveitamento na competição estadual, o técnico Paulo Resende sabe da importância de conseguir um bom resultado amanhã. “A vitória nos dará tranquilidade na competição e poderemos nos dedicar mais aos preparativos para o segundo jogo contra o Santos”, disse o treinador. Números Ontem, foram divulgados os números oficiais do jogo entre Naviraiense e Santos, que teve 19 mil ingressos à venda. De acordo com Paulo Telles, responsável pela organização do evento, foram vendidos 6.973 ingressos, mas o estádio recebeu 9.062 torcedores, somadas as gratuidades para idosos e crianças, convidados da federação e autoridades. A rend a br ut a foi de R$ 177.325,00 e as despesas atingiram o valor de R$ 46.094,90. Pelo regulamento da competição, por não ter sido eliminado na primeira partida, a renda líquida, de R$ 131.230,10 ficou toda para o Naviraiense. A equipe de Naviraí e o Ivinhema, outro representante do Estado na Copa do Brasil, receberam da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a verba de R$ 90 mil pela participação na primeira fase da disputa. A lém disso, os clubes terão todas as despesas de transporte e hospedagem pagas pela entidade para os jogos de volta (o Naviraiense joga em Santos e o Ivinhema viaja até o Recife para enfrentar o Náutico). As duas partidas estão marcadas para o dia 10 de março. (JP)

Felpuda


A parceria que até então era cantada em prosa e verso, com direito à divulgação de fotos em momentos de muita alegria, dá sinais de que realmente está se esgotando. O tal parceiro quase não mais aparece nos meios de divulgação, e até criticas, digamos, “meio de leve” vêm sendo feitas. Dizem que está o “maior climão”.Mas pelo sim, pelo não, resta esperar para ver onde é que essa parceria chegará. Sei não...