Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Juiz condena vereador por compra de voto

Juiz condena vereador por compra de voto
11/03/2010 08:21 -


O vereador Marcelo Hall (PR), conhecido como Marcelão, foi condenado pelo juiz eleitoral e titular da 2ª Vara Cível de Dourados, José Carlos Souza, a dois anos de prisão em regime semiaberto e à perda dos direitos políticos por compra de votos na eleição de 2008. A sentença foi proferida na terça-feira. Hall responde desde o ano passado pela Secretaria de Serviços Urbanos de Dourados. Em seu lugar na Câmara está o primeiro suplente da coligação, Edvaldo Moreira (PDT). O vereador licenciado informou ontem que tomará conhecimento da decisão para, depois, entrar com recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). O juiz disse ontem à imprensa que “a materialidade da compra de votos é incontestável”, lembrando dos autos de prisão em flagrante, de apresentação e de apreensão, relatório da polícia e dos depoimentos de testemunhas à época. Os votos teriam sido comprados com cestas básicas na região do Parque das Nações. Marcelão poderá converter a sentença em doações de valores para o Hospital do Câncer da Grande Dourados. A investigação da Justiça Eleitoral provocou dois processos, o primeiro resultou em absolvição por outro juiz eleitoral, Jonas Hass Silva Júnior, em 2009.

Felpuda


Casal de políticos muito conhecido a-do-ra cargos públicos, e, assim, “um puxa o outro” na maratona política, que inclui disputa de mandatos, direção de órgãos e até mesmo nomeações com prerrogativa de não ter de bater ponto. A nova empreitada agora é conquistar uma das prefeituras do interior. Em caso de derrota, é quase certo que os nomes de ambos deverão aparecer no Diário Oficial antes mesmo do fim deste ano.