Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

VARIEDADES

Livro que inspirou "127 Horas" chega ao Brasil

Livro que inspirou "127 Horas" chega ao Brasil
26/02/2011 06:05 - Folha


A história do homem que ficou com o braço preso em uma rocha tem recebido elogios e feito espectadores passarem mal. O longa é protagonizado por James Franco e concorre em seis categorias no Oscar, incluindo melhor filme.

Além da atuação de Franco e a direção de Danny Boyle, "127 Horas" surpreende por se tratar de uma história real. O longa é baseado no livro homônimo, escrito por Aron Ralston, o sobrevivente.

Aron tinha 27 anos quando passou se dedicar ao alpinismo. Experiente, foi para o Parque Nacional de Canyonlands, em Utah, em uma quente tarde de sábado. Sozinho, estava passeando pelo cânion Blue John para descansar das escaladas.

Às 14h41, ele estava a treze quilômetros de onde havia estacionado, em uma fenda profunda e estreita do cânion, quando desalojou uma rocha de quase meia tonelada que caiu sobre a sua mão direita e o pulso. A partir de então foram seis dias até que conseguisse sair.

Em meio ao desespero de se ver preso, com água e comida acabando, Aron lembrou que não havia avisado a ninguém para onde iria. Com a câmera de vídeo que carregava, passou o tempo gravando mensagens de despedida para a família e os amigos.

Na manhã de quinta-feira a solução lhe apareceu. A única coisa que o mantinha preso era o braço, bastava então cortá-lo para que saísse e pedisse ajuda.

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!