Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ECONOMIA

Macrofértil perde terreno em Dourados

Macrofértil perde terreno em Dourados
26/04/2010 22:11 -


Cícero Faria, Dourados

A Câmara de Dourados cancelou esta semana a doação, feita em 2006, de área de quatro hectares para a paranaense Macrofértil, que pretendia instalar no município indústria de fertilizantes, mas suspendeu o empreendimento. Esta foi a segunda doação feita no município para agroindústrias, cancelada pelo prefeito Ari Artuzi. No ano passado, foi retomada área na BR 163, perto do distrito de vila Vargas onde a Brasil Ecodiesel havia lançado em 2007 uma usina de biodiesel, que não saiu do papel.

A Macrofértil, com matriz em Ponta Grossa, e com seis fábricas no Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e São Paulo, recebeu a área no trevo na BR 163 com a BR 376(saída para Fátima do Sul), ao lado onde será construído o frigorífico de pescado da MS Peixe. “Retomamos o terreno porque existem novas  indústrias interessadas em se instalar em Dourados e precisamos estar com áreas disponíveis”, explicou ontem o secretário de Agricultura, Mauricio Peralta. 

Felpuda


Os bastidores fervem com a ciumeira que vem acontecendo em alguns municípios, onde determinados candidatos estariam sendo mais prestigiados que outros depois das alianças que foram formalizadas nas convenções. As queixas só aumentam, e as lideranças partidárias já não sabem o que fazer, temendo a possibilidade de que a vitória vá para o ralo. A bronca maior está entre integrantes das chapas puras de vereadores que se coligaram na majoritária. E salve-se quem puder!