Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ECONOMIA

Meia hora de chuva é suficiente para interditar avenida

Meia hora de chuva é suficiente para interditar avenida
30/04/2010 02:31 -


Chuva que caiu sobre algumas regiões de Campo Grande provocou alagamento em pontos onde o problema já se tornou rotina. Apesar do pouco tempo e da baixa quantidade de precipitação – choveu em torno de 10 milímetros durante cerca de meia hora –, o sistema de drenagem não suportou a quantidade de água e os bueiros transbordaram.

Na Rua Joaquim Murtinho, na Avenida Eduardo Elias Zahran e na Avenida Calógeras, os alagamentos fizeram com que motoristas passassem pelas vias com mais cautela do que o habitual. Também houve pane nos semáforos de alguns cruzamentos localizados ao longo da Avenida Mato Grosso e parte do Bairro Jardim dos Estados ficou sem energia elétrica.

Na região do Shopping Campo Grande, a força da água arrancou a tampa metálica de uma galeria que canaliza águas pluviais. Na Avenida Costa e Silva, próximo ao acesso da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), a enxurrada também deixou motoristas alertas.
A chuva amenizou o calor e também aumentou a umidade relativa do ar. No final da tarde de ontem, fazia 25 graus na Capital e a umidade estava em torno de 50%.

Previsão
Durante a manhã de hoje as temperaturas devem cair em todo o Estado. A mínima pode chegar aos 18 graus na região sul, e a máxima, aos 33 graus na região do Pantanal, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).

Conforme previsão da meteorologista Cátia Braga, pode haver chuvas isoladas e o céu deve ficar parcialmente nublado durante todo o dia. Porém, segundo o meteorologista Natálio Abraão Filho, não há previsão de chuva forte para hoje. A umidade do ar fica em torno dos 65%. (BG)

Felpuda


Partido político está vivendo processo de autofagia cá por essas bandas. Nada de ideologia ou defesa dos interesses dos filiados. O problema, segundo os mais observadores, é que lideranças não se contentaram em ter cada uma o seu pedaço e decidiram tomar conta com exclusividade do espólio, que, aliás, é regado com cifras milionárias. A legenda deverá se transformarem uma máquina de lavar, no caso, cheia de roupas sujas. E dê-lhe!