Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MPE passa a cuidar do caso Zeolla

MPE passa a cuidar do caso Zeolla
05/03/2009 17:30 -


     

                A polícia já concluiu o inquérito que investiga o assassinato de Cláudio Zeolla. O tio do rapaz e procurador de Justiça, Carlos Alberto Zeolla, está preso, acusado de ser o autor do crime. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, o inquérito foi encaminhado para o Ministério Público, que dará continuidade ao caso. A justificativa para o envio ao inquérito ao Ministério Público, é o cargo do acusado. Por ser procurador de Justiça, Carlos Alberto Zeolla tem uma espécie de foro previlegiado. Zeolla foi transferido da Acadêmia de Polícia para a carceragem do Garras. A arma encontrada ontem na BR-262 e que teria sido utilizada para matar o rapaz está registrada em nome do pai do procurador. Cláudio foi assassinado com tiro na nuca, no início da semana, enquanto seguia se bicicleta na Rua Bahia,na Capital.

                

                

                

                

                 

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...