Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MPF contata irregularidades na UFMS Campus Pantanal

MPF contata irregularidades na UFMS Campus Pantanal
31/07/2009 14:00 -


     

         

         

O Ministério Público Federal realizou investigações e constatou irregularidades no Departamento de Ciências Sociais do Campus Pantanal. Um professor acumula cargo público e outro exerce advocacia privada, o que é vedado por lei.  O MPF em Corumbá recomendou à reitora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Célia Maria da Silva Oliveira, corrija as irregularidades.

O MPF também recomendou que a UFMS encaminhe ofício a todos os professores do Campus Pantanal, cujo regime de trabalho seja de dedicação exclusiva, reafirmando que não é permitido o exercício de outra atividade remunerada. A UFMS tem trinta dias para se manifestar sobre as medidas adotadas, a partir do recebimento da Recomendação.

         

Felpuda


Lideranças de alguns partidos estão fazendo esforço da-que-les para fechar chapa com o número exigido por lei de 30% do total de vagas para as mulheres. Uma dessas legendas, por exemplo, tenta mostrar a “felicidade” das suas pré-candidatas, mas teme o fracasso, tendo em vista que o “chefe maior” é aquele que já mandou mulheres calarem a boca e disse também que a importância da sua então esposa na campanha eleitoral era porque apenas “dormia com ele”. Ô louco!