Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Mulher é investigada por manter neta acorrentada em Amambai

Mulher é investigada por manter neta acorrentada em Amambai
13/06/2009 12:00 -


     

        Uma mulher, de 69 anos, é investigada pela polícia de Amambai e Ministério Público, por manter acorrentada a neta, uma adolescente de 15 anos. A garota foi libertada por policiais militares, ontem à tarde, após denúncias de vizinhos. A avó disse que mantinha a jovem acorrentada para que ela não saísse perambulando pelas ruas da cidade. Já a adolescente disse que fazia isso porque não quer morar com a avó.

         

         

Felpuda


Os bastidores fervem com a ciumeira que vem acontecendo em alguns municípios, onde determinados candidatos estariam sendo mais prestigiados que outros depois das alianças que foram formalizadas nas convenções. As queixas só aumentam, e as lideranças partidárias já não sabem o que fazer, temendo a possibilidade de que a vitória vá para o ralo. A bronca maior está entre integrantes das chapas puras de vereadores que se coligaram na majoritária. E salve-se quem puder!