Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Mulher é socorrida após abortar feto de cinco meses em Corumbá

Mulher é socorrida após abortar feto de cinco meses em Corumbá
27/01/2009 09:42 -


     

        

 

Uma mulher de 28 anos, que não teve o nome divulgado, foi socorrida ontem (26) por uma equipe do Corpo de Bombeiros, após provocar um aborto. O feto que ficou preso a ela pelo cordão umbilical.

O caso ocorreu em Corumbá. A mulher estava no vazo sanitário e o feto de aproximadamente cinco meses, dependurado quando os bombeiros chegaram ao local.

A família disse à equipe que não tinha conhecimento sobre a gravidez.

Felpuda


Com trabalho suspenso, por causa da Covid-19, investigação parou sem ter começado e, agora, dois dos cabeças do grupo de trabalho estão “chovendo no molhado”. Assim, para continuar, digamos, em evidência, vêm divulgando sobre a “firmeza” de ambos em “dar continuidade”, tão logo acabe a pandemia que, assim como os resultados dos trabalhos, são incógnitas que só. Portanto, melhor seria aguardar o desenrolar dos acontecimentos para sair “cantando de galo”.