Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Mutirão jurídico vai atender presidiárias de MS

Mutirão jurídico vai atender presidiárias de MS
20/02/2008 09:05 -


     

        Cerca de mil detentas devem ser atendidas no mutirão jurídico que será realizado pela Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul e a Coordenadoria Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres. Ontem (19), durante uma vídeo-conferência realizada na Assembléia Legislativa, foram lançadas as diretrizes do mutirão, cuja minuta será repassada pelo Ministério da Justiça. O prazo para a realização do mutirão jurídico é de um ano.

         

         

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...