Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Na África do Sul, bola rola ao som dos corneteiros

Na África do Sul, bola rola ao som dos corneteiros
14/06/2009 08:50 -


        Da redação

                 

Quem acompanhar a partida de abertura da Copa das Confederações, neste domingo, a partir das 11h (de Brasília), perceberá logo qual é a principal trilha sonora dos estádios no país. Em terras sul-africanas, a bola rola ao som das cornetas.

 

Na entrada do estádio, todos já medem quem tem o pulmão mais forte para assoprar as cornetas. Alguns fazem ritmos e interagem.

 

Dentro do estádio, o som é ensurdecedor. Sem exagero. Consegue até mesmo deixar fraco ofuscado o potente sistema de som do estádio.

 

Como hoje é dia de jogo entre os dos da casa e o Iraque, os torcedores locais fazem a trilha sonora no Estádio Ellis Park.

 

O apresentador da cerimônia de abertura precisou pedir silêncio por mais de cinco minutos. "Por favor, parem de soprar suas cornetas. Façam silêncio para os discursos".

 

Quando começou a falar, o presidente do Comitê Organizador de 2010, Irvin Khoza, fez gestos com as mãos pedindo silêncio. Quando citou os nomes do atual presidente Jacob Zuma e do ex-presidente Nelson Mandela, mais barulho.

 

Na porta do estádio, a corneta pequena custa 10 rands (cerca de R$ 2,50). A grande, e preferida dos fãs, sai por 30 rands (aproximadamente R$ 8).

 

Também existem os corneteiros de plantão pelo desempenho do time. Mas só saberemos qual corneta vai soar mais alto, dos protestos ou da festa, depois do apito final.

 

 

As informações são do Portal Terra

                 

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...