Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DOIS DE CABEÇA

Na volta de Mano, Corinthians bate Portuguesa

Na volta de Mano, Corinthians bate Portuguesa
19/01/2014 18:13 - terra


Em jogo que marcou o encontro dos campeões das Série A-1 e A-2 do Campeonato Paulista do ano passado, Corinthians e Portuguesa fizeram clássico bastante movimentado no Estádio do Canindé. E, no fim das contas, melhor para o atual vencedor da primeira divisão, que fez 2 a 1 e deixou o técnico Mano Menezes reestrear no cargo com vitória.

O treinador voltou ao Corinthians depois de três anos. Campeão da Série B, da Copa do Brasil e do Campeonato Paulista com o clube, Mano Menezes tem a árdua missão de remontar o time montado por Tite que foi campeão do mundo em 2012. Neste domingo, o treinador passou no teste e somou os primeiros três pontos no Estadual.

O Corinthians foi melhor na primeira etapa, teve a maior posse de bola e abriu 2 a 0. No primeiro gol, o estreante Uendel - que fez bela partida e surpreendeu de forma positiva na lateral - cruzou da esquerda, Romarinho subiu sozinho e cabeceou para o fundo das redes, abrindo o placar no Canindé.

Depois, foi a vez de Edenílson avançar pela ala e cruzar. O volante Guilherme subiu mais alto que a defesa e cabeceou firme, com força, no canto esquerdo do goleiro Gledson. A Portuguesa ainda diminuiu no fim da primeira etapa com Henrique, que aproveitou cruzamento de Leandro e chutou prensado contra o gol de Walter.

Agora, o Corinthians de Mano terá pela frente o Paulista de Jundiaí, no Estádio Décio Vitta, na próxima quarta-feira, às 22h. A Portuguesa, por sua vez, tenta se reabilitar na competição diante do Criciúma no mesmo dia, às 17h, no Estádio Novelli Jr.

Felpuda


Na troca de alfinetadas entre partidos que não se entenderam até agora sobre eventual aliança, uma outra peça está surgindo: trata-se do levantamento completo sobre investimentos feitos, recursos liberados, parcerias em todas as áreas, além do prazo de quando tudo isso começou. Caso os palanques venham a ficar distanciados, a divulgação será feita à exaustão durante a campanha eleitoral, para mostrar quem é quem na história. Os bombeiros continuam atuando.