Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Nagasaki lembra bombardeio atômico com um apelo antinuclear

Nagasaki lembra bombardeio atômico com um apelo antinuclear
09/08/2009 07:47 -


     

O prefeito da cidade japonesa de Nagasaki, Tomihisa Taue, fez um apelo para alcançar um mundo sem armas nucleares na comemoração do 64º aniversário do lançamento da bomba atômica pelos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial.

"Temos dois caminhos diante de nós o desafio de perseguir um mundo sem armas nucleares ou outro que nos leve à aniquilação", disse Taue citado pela agência local "Kyodo".

A comemoração reuniu na cidade de Nagasaki mais de 3.000 pessoas que dedicaram uns minutos de silêncio às 11h02, hora na qual um bombardeiro americano deixou cair a bomba conhecida como "Fat Man".

O bombardeio ocorreu três dias depois que o Exército dos Estados Unidos lançou uma bomba similar em Hiroshima e se estima que em Nagasaki tenha causado 74 mil mortes até o final do ano 1945, enquanto posteriormente esse número tenha sido elevado para 149.266.

Seis dias depois da explosão de Nagasaki, o Japão se rendeu, pondo fim à Segunda Guerra Mundial.

As informações são da Agência EFE

         

Felpuda


A parceria que até então era cantada em prosa e verso, com direito à divulgação de fotos em momentos de muita alegria, dá sinais de que realmente está se esgotando. O tal parceiro quase não mais aparece nos meios de divulgação, e até criticas, digamos, “meio de leve” vêm sendo feitas. Dizem que está o “maior climão”.Mas pelo sim, pelo não, resta esperar para ver onde é que essa parceria chegará. Sei não...