Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

"Não quis fazer o gol", brica Ronaldo

"Não quis fazer o gol", brica Ronaldo
19/07/2009 20:20 -


     

        Da redação

        O Mineirão pode ser considerado a casa em que Ronaldo se sente mais a vontade. O atacante marcou 36 gols em 30 jogos no estádio, contando jogos por Cruzeiro, Corinthians e Seleção Brasileira. Hoje, porém, o jogador não queria fazer gols. Revelado pelo time mineiro, Ronaldo não queria marcar contra a equipe em que nasceu para o futebol.

        "Não quis fazer gol no Cruzeiro, mas no final mudei de ideia e acabei fazendo", disse o atacante em tom bem humorado. No primeiro tempo do jogo, Ronaldo sofreu pênalti e, na hora de cobrar, chutou fraco e Fábio defendeu. No segundo tempo, porém, o jogador fez o seu gol.

        No lance da penalidade, o atacante arriscou uma paradinha, mas o gol não saiu. Humilde, o jogador assumiu. "Tentei fazer a paradinha e não deu certo. Bati mal mesmo", admitiu Ronaldo

Felpuda


Sem conseguir controlar a verborragia, figurinha estreante no mundo político-partidário, e que se acha “o último biscoito do pacote”, acabou batendo de frente com titãs da política. Primeiro perdeu os anéis e, agora, os dedos correm sérios riscos. Anda “ameaçando” deixar o lugar onde se encontra, só que por lá vem ouvindo frases como “se é por falta de adeus...”, “os incomodados que se mudem” e “não fará nenhuma falta”.

Como se vê...