Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

POLÍTICA

No feriado, nordeste é o destino preferido dos campo-grandenses

No feriado, nordeste é o destino preferido dos campo-grandenses
25/08/2010 05:37 -


VERA HALFEN

A dez dias do início do feriadão de 7 de setembro (Independência do Brasil), as agências de viagem de Campo Grande ainda possuem pacotes para diversos destinos, entre eles, Fortaleza e Porto Seguro. O destino preferido dos campo-grandenses é o litoral. Para Fortaleza, incluindo as passagens aéreas de ida e volta, translado e hospedagem, para uma pessoa, fica em torno de R$ 1.500. Já para Porto Seguro, gira em torno de R$ 1.100. O período, nas duas opções é de uma semana. Já as praias do litoral sul não tiveram procura; por lá ainda faz muito frio.
Neste ano, de acordo com avaliação do presidente da Abav, (Associação Brasileira de Agências de Viagem), Nei Gonçalves, o volume de vendas está no mesmo patamar do ano passado. “O mercado está aquecido, mas não registramos elevação das vendas em relação ao ano passado”, avalia. Gonçalves frisa que este é um período de baixa temporada (agosto, setembro, outubro e novembro), com exceção dos feriados dos meses de setembro e outubro.

Boas vendas
O segundo melhor período de negócios para as agências de viagem é no mês de outubro, perdendo apenas para o período de Carnaval. Com início do feriadão no dia 9 (sábado), segue na segunda (11), quando comemora-se a Divisão do Estado; no dia 12 é o Dia das Crianças. “As escolas costumam liberar os alunos durante toda a semana. Essa é uma oportunidade que os pais aproveitam para viajar com os filhos.

Outras opções
O consumidor pode também optar pela compra de passagens e reserva de hotel pela internet. Ainda podem ser encontrados pacotes para Fortaleza, com saída de Campo Grande. Foram efetuados simulações de pacotes para o período de 3 a 7 de setembro, para duas pessoas, com voos ida e volta e hotel. O custo fica em R$ 3.153,52, a valores de ontem, para a primeira opção. Para Porto Seguro, o custo é de R$ 3.214,82.

Felpuda


Mesmo sem ter, até onde se sabe, combinado com o eleitor, candidato a prefeito começou a apresentar nomes do seu ainda hipotético secretariado, pois parece estar convicto de que conseguirá vencer a disputa.

Os adversários dizem por aí que ele está muito distante de “ser um Jair Bolsonaro”, que, ainda na campanha eleitoral para presidente da República, já falava em Paulo Guedes para ser seu ministro de Economia. Como sonhar é permitido