Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

No Maranhão, 105 mil pessoas deixam casas devido às chuvas

No Maranhão, 105 mil pessoas deixam casas devido às chuvas
17/05/2009 09:25 -


     

        

 

Boletim divulgado pela Defesa Civl do Maranhão aponta que 105.475 pessoas em já deixaram suas casas devido às chuvas no estado. Dez pessoas morreram. A previsão é de mais chuvas para o fim de semana e para amanhã (18). Noventa e dois municípios estão em situação de emergência.

Do total, 65 mil pessoas foram desalojadas, ou seja, deixaram suas casas, mas se encontram em casas de amigos ou parentes. Outras 40.288 pessoas estão desabrigadas e foram levadas para abrigos públicos.

 

Ainda de acordo com o boletim, 326.919 pessoas foram afetadas. Esse número corresponde a todos os que foram atingidos direta ou indiretamente pelas chuvas. Para esse cálculo, a Defesa Civil leva em consideração, por exemplo, crianças que perderam aulas porque a escola foi utilizada como abrigo.

As chuvas começaram a se intensificar há dois meses. Há cerca de um mês, os alagamentos começaram a gerar os primeiros desabrigados. Os municípios mais afetados, segundo a Defesa Civil, são Trizidela do Vale, Bacabal, Pedreirase Itapecurumirim, que ficam ao longo dos rios Mearim e Itapecurumirim.

 

Com informações do G1

Felpuda


A parceria que até então era cantada em prosa e verso, com direito à divulgação de fotos em momentos de muita alegria, dá sinais de que realmente está se esgotando. O tal parceiro quase não mais aparece nos meios de divulgação, e até criticas, digamos, “meio de leve” vêm sendo feitas. Dizem que está o “maior climão”.Mas pelo sim, pelo não, resta esperar para ver onde é que essa parceria chegará. Sei não...