Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Obama viverá em hotel "enfeitiçado" até Bush deixar a Casa Branca

Obama viverá em hotel "enfeitiçado" até Bush deixar a Casa Branca
04/01/2009 14:40 -


     

        Da Redação

         

        Barack Obama se mudará este fim de semana a Washington com sua família, mas só verá a Casa Branca pela janela de seu hotel, no qual aparentemente terá que conviver com um fantasma do século 19.

        

        Obama chegará à capital antes de outros presidentes porque suas filhas, Sasha, de 10 anos, e Malia, de 7, começam na escola na segunda -feira, como todas as crianças de Washington.

        

        Elas estudarão no Sidwell Friends, um colégio privado que custa em torno de US$ 30 mil por ano e onde em janeiro de 1993 também entrou pela primeira vez uma menina de 13 anos chamada Chelsea Clinton - filha de Bill e Hillary.

        

        O lar temporário da futura família presidencial será o Hay-Adams Hotel, um edifício de luxo de estilo renascentista onde os quartos chegam a custar US$ 6 mil por noite, em troca de banhos de mármore e lençois italianos.

        

        A família Obama pediu à administração de George W. Bush que lhe deixasse ocupar a Casa Blair, uma residência oficial de convidados situada ao outro lado da rua da Casa Branca.

        

        Mas lhe disseram que só a poderiam usar a partir de 15 de janeiro, pois até então ela está reservada para "recepções e reuniões" de despedida dos membros do atual Governo.

        

        Portanto os Obama ficarão no Hotel até essa data, cinco dias antes da cerimônia de juramento, e terão que se contentar com olhar a Casa Branca pela janela de seu quarto.

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!