Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Ônibus doados viram sucata e dão origem a dívida milionária

Ônibus doados viram sucata e dão origem a dívida milionária
23/08/2009 23:30 -


     

        Rose Rodrigues

        Quando em 1996, o então prefeito de Três Lagoas, Darci da Costa Filho, recebeu a doação de nove ônibus escolares canadenses, certamente não sabia o problema que deixaria aos futuros administradores. Hoje, 13 anos depois, só sobraram as carcaças, que estão apodrecendo. Na época, Darcy Costa teve que pagar as despesas alfandegárias e como não tinha dinheiro, fez um empréstimo de R$ 370 mil com o Banco Interfinance. A conta nunca foi paga. A atual prefeita, Simone Tebet, renegociou o débito e quando terminar de pagar já terão sido gastos mais de 20 milhões, incluindo os juros e correção. Além disso, por serem usados, a maior parte dos veículos não rodou mais de um ano e não foram reformados, pois as peças teriam de ser importadas.

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!