Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Orcírio insiste em ter o controle do PT em MS

Orcírio insiste em ter o controle do PT em MS
13/02/2009 22:40 -


     

MARIA MATHEUS

 

Faltando mais de um ano para a disputa pela sucessão estadual, o ex-governador José Orcírio dos Santos (PT) já faz planos de como será a sua campanha ao Governo e está irredutível: avisou que não abre mão de ter  o comando do PT de Mato Grosso do Sul. Mas a postura inflexível do ex-governador deve encontrar resistência do senador Delcídio do Amaral (PT), que não aceita sentar para negociar se José Orcírio impuser condições.

 

Orcírio quer estar a frente do diretório estadual para conduzir pessoalmente as alianças para 2010. Ele argumenta que tem trânsito entre as lideranças partidárias para construir uma coligação forte, capaz de vencer o governador André Puccinelli (PMDB), possível candidato à reeleição. "Eu respeito muito o senador e o Amarildo (Cruz, atual presidente do PT), mas o problema é que o Amarildo é deputado estadual, nenhum outro partido vai procurá-lo, porque sabe que ele está olhando para o umbigo dele, é natural, é legítimo", apontou. Segundo o ex-governador, caso não consiga o apoio do grupo de Delcídio para ser o presidente do partido, vai disputar o cargo no voto. A eleição ocorre em 22 de novembro.

 

Orcírio confirmou que passará o carnaval em Corumbá, mas garantiu que ainda não há encontro marcado com Delcídio.

Felpuda


Na troca de alfinetadas entre partidos que não se entenderam até agora sobre eventual aliança, uma outra peça está surgindo: trata-se do levantamento completo sobre investimentos feitos, recursos liberados, parcerias em todas as áreas, além do prazo de quando tudo isso começou. Caso os palanques venham a ficar distanciados, a divulgação será feita à exaustão durante a campanha eleitoral, para mostrar quem é quem na história. Os bombeiros continuam atuando.