Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CIDADES

Outra criança de quatro anos morre afogada

Outra criança de quatro anos morre afogada
20/01/2010 04:10 -


No Bairro de Jupiá, às margens do Rio Paraná, Fernando Pereira da Silva, de 4 anos, afogou-se próximo à barragem conhecida como “Prainha” ao ser arrastado pela correnteza anteontem. A vítima morava na Vila Piloto e a mãe trabalha no local onde ocorreu o acidente. Este é o segundo caso de afogamento de criança neste mês na cidade. Breno Henrique Santos de Oliveira, também de 4 anos, morreu no último dia 6 em um córrego próximo à sua residência, no Jardim Brasília. Testemunhas informaram à polícia que Fernando foi resgatado do rio por populares que passavam pelo local e ainda estava respirando, mas não resistiu e morreu a caminho do hospital Nossa Senhora Auxiliadora. Esclareceram ainda que a mãe da criança é vendedora de cerveja naquele local há algum tempo e, no momento do acidente, a criança brincava na água junto a um adulto. Apesar de ser comum ver crianças e adultos no local, o Rio Paraná é considerado impróprio para banhos, por causa da correnteza muito forte e da profundidade de suas águas.

Felpuda


Nos bastidores, conversas, ou melhor, quase sussurros, dão conta de que compromisso assumido teria prazo de validade se acontecer a vitória de aliado.

A partir de então, o papo passaria a ser bem, mas bem diferente mesmo, pois, com acordo cumprido, novos objetivos passariam a ser fonte dos desejos, e sem nenhuma moeda de troca.

No caso, não haveria mais sequer um fio de bigode. Tipo, cada um na sua.