Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESPORTES

Palmeiras recebe o Vasco em busca da recuperação

Palmeiras recebe o Vasco em busca da recuperação
12/09/2010 14:49 -


Sâo Paulo

A paciência de Luiz Felipe Scolari definitivamente acabou no Palmeiras. Hoje, às 15h (MS), contra o Vasco, no estádio do Pacaembu, o treinador exige do elenco simplesmente uma postura que condiz com a tradição do clube de Palestra Itália. No recente confronto contra o Vitória, o técnico foi pesado em sua análise e observou erros de “time de várzea” no Alviverde e disse que o time precisa se recuperar.
“A situação do Palmeiras está irritando todo mundo, não só a mim, ao Felipão, como a todos. A gente sente que o grupo está chateado, não conseguimos jogar bem. Temos erros bobos”, admite o atacante Kleber, um dos ídolos da massa palmeirense.
A missão alviverde torna-se ainda pior ao analisar o bom momento do Vasco no Brasileiro. Invicto desde junho, a equipe de São Januário afastou-se da zona de rebaixamento mesmo com um jogo a menos e busca a vitória para se aproximar do G-4.
Para piorar, o Palmeiras amarga dois desfalques no desafio contra o Vasco, sem contar com Lincoln, que está vetado desde o início de agosto. Os volantes Pierre e Marcos Assunção estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Já o goleiro Marcos permanece trabalhando para se recuperar de dores no joelho esquerdo e ainda é dúvida. Independentemente das opções, Felipão promete mudanças.
Em relação ao time do Vasco, o técnico PC Gusmão segue sem poder contar com os meias Felipe e Carlos Alberto, ambos lesionados e entregues ao departamento médico. Além deles, os laterais-esquerdos Ramon, Ernani e Max não têm condições de voltar ao time. Com isso, o volante Jumar continuará atuando improvisado na posição.

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!