Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MUNDO

Papa defende doação de cordão umbilical, mas condena a venda

Papa defende doação de cordão umbilical, mas condena a venda
27/02/2011 02:05 - FOLHA ONLINE


O Papa Bento 16 disse ser a favor da doação do cordão umbilical, "ato de solidariedade humana e cristã", mas se opôs à sua comercialização, durante discurso feito neste sábado na Cidade do Vaticano.

"A pesquisa médico-científica é não apenas um valor para os cientistas como para toda a comunidade civil", disse o Papa aos participantes de uma assembleia da Academia Potifícia pela Vida.

"Esse valor e a necessidade de solidariedade são colocados em evidência pela utilização de células-tronco provenientes do cordão umbilical", completou.

O sangue do cordão e da placenta contém células-tronco que permitem sanar pessoas que sofrem de leucemia e outras doenças graves no sangue.

No entanto, Bento 16 opôs-se à "proliferação de bancos privados" para a conservação do sangue do cordão umbilical, pois afirma que "fragilizam o verdadeiro espírito de solidariedade".

A Igreja Católica também se opõe ao congelamento de embriões humanos, à pesquisa com células-tronco embrionárias e à clonagem de humanos.

Felpuda


Nos bastidores, há quem garanta que a única salvação, de quem está com a corda no pescoço, é ele aceitar ser candidato a vice-prefeito em chapa de novato no partido. Vale dizer que isso nunca teria passado por sua cabeça, uma vez que foi eleito com, digamos, “caminhão de votos”. Se aceitar a imposição, pisaria na tábua de salvação; se recusar, poderá perder o mandato. Ah, o poder!