Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Papa pede proibição das bombas de fragmentação

Papa pede proibição das bombas de fragmentação
18/05/2008 15:03 -


     

        O papa Bento XVI pediu neste domingo em Gênova (noroeste da Itália) a adoção de uma convenção internacional que proíba a utilização de bombas de fragmentação, nas vésperas do início de uma conferência diplomática sobre esse tema em Dublin.

        Esse tipo de bomba, ao ser lançada, se abre, espalhando dezenas de munições explosivas.

        "Desejo que graças à responsabilidade de todos os participantes cheguemos a um instrumento internacional forte e crível" para proibir as bombas de fragmentação"r, declarou o papa durante a oração do ngelus, recitada em uma Praça de Gênova durante uma viagem à região.

        "É necessário remediar os erros do passado e evitar que se repitam no futuro", disse Bento XVI.

        O pontífice rezou pelas vítimas das bombas e por suas famílias, e destacou que algumas delas participarão da conferência de Dublin.

Felpuda


Com trabalho suspenso, por causa da Covid-19, investigação parou sem ter começado e, agora, dois dos cabeças do grupo de trabalho estão “chovendo no molhado”. Assim, para continuar, digamos, em evidência, vêm divulgando sobre a “firmeza” de ambos em “dar continuidade”, tão logo acabe a pandemia que, assim como os resultados dos trabalhos, são incógnitas que só. Portanto, melhor seria aguardar o desenrolar dos acontecimentos para sair “cantando de galo”.