Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Paquistanês é sentenciado à morte

Paquistanês é sentenciado à morte
06/05/2010 17:01 -


     

        Um tribunal indiano sentenciou à morte na quinta-feira o paquistanês Mohammad Ajmal Kasab, de 22 anos, condenado pelo massacre de 166 pessoas em 2008 em Mumbai, incidente que abalou as relações indo-paquistanesas.

        

        

        Kasab foi o único militante preso com vida ao final de três dias de violência em vários locais do principal centro financeiro da Índia, inclusive dois hotéis de luxo, uma estação de trem e um centro judaico.

        Com informações do site G1

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...