Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Pavimentação da BR -359 recebe R$ 23 milhões

Pavimentação da BR -359 recebe R$ 23 milhões
13/09/2010 04:00 -


     

                                Recursos no valor de R$ 23 milhões já estão disponíveis para as obras de pavimentação da BR-359, que liga Coxim a Alcinópolis. A liberação do dinheiro pelo governo federal foi  confirmada na semana passada. 

                                As obras na estrada federal estão sendo executadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e pela Secretaria de Obras do Estado. O montante liberado nesta quinta-feira corresponde à emenda ao Orçamento da União de 2008, proposta pelo Executivo estadual e por dois parlamentares federais de Mato Grosso do Sul. Ao valor de R$ 23 milhões serão acrescentados R$ 992 mil referentes ao Orçamento de 2009, que estarão disponíveis após as eleições.

                                Para a pavimentação da rodovia entre Coxim e a divisa de Goiás - com 220 quilômetros de extensão - serão investidos um total de R$ 101 milhões. A contrapartida do governo estadual é de 10%. O trecho de 119 quilômetros, que liga Coxim a Alcinópolis, deve ser finalizado até dezembro deste ano e o restante em abril de 2012. 

                                A obra está sendo executada em cinco frentes. A pavimentação da BR-359 diminuirá em 200 quilômetros o trajeto entre Campo Grande e Brasília. Além de encurtar distâncias, a obra também vai promover o desenvolvimento da região norte do Estado.

                               
                                 
                                 

Felpuda


Na troca de alfinetadas entre partidos que não se entenderam até agora sobre eventual aliança, uma outra peça está surgindo: trata-se do levantamento completo sobre investimentos feitos, recursos liberados, parcerias em todas as áreas, além do prazo de quando tudo isso começou. Caso os palanques venham a ficar distanciados, a divulgação será feita à exaustão durante a campanha eleitoral, para mostrar quem é quem na história. Os bombeiros continuam atuando.