Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Peão que atropelou cabo do Exército é transferido para delegacia da Moreninha

Peão que atropelou cabo do Exército é transferido para delegacia da Moreninha
24/06/2008 17:55 -


     

O peão Fagner Gonçalves, de 26 anos, que atropelou e arrastou por 15 quilômetros o cabo do Exército Leonardo Sales da Silva, de 19 anos, foi transferido há pouco para o 4º DP (Delegacia de Polícia), nas Moreninhas. O acusado pelo crime estava detido no 5° DP da Vila Piratininga. O crime ocorreu à 00h30 do dia 7 de junho deste ano, em frente a uma festa de rodeio no bairro Dom Antônio Barbosa, em Campo Grande.

 

Fagner conduzia uma camioneta F4000 do patrão no momento em que cometeu o crime. De acordo com relatos de testemunhas, o peão ainda ingeriu pelo menos duas garrafas de cerveja antes de fazer de dirigir. O peão se diz inocente e nega que teria visto o momento do atropelamento.

 

 

O caso

 

A polícia apurou, efetuou a prisão, fez a reconstituição e ouviu as testemunhas e teve o apoio dos peritos. No relato houve mudança do foco das investigações, que a princípio apontava homicídio culposo, não homicídio doloso.

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!